Mineirão

Saiba Mais

Saiba como funciona a administração do Mineirão,
o que é e não é verdade, fato ou mito.

RENDA DA PARTIDA MINEIRÃO

Mitos e Verdades

MITO VERDADE

Perguntas e Respostas

O Governo do Estado tem prejuízo com o Mineirão? Não. Mesmo que a Minas Arena não administrasse o Mineirão, o Estado teria despesas com o estádio, até maiores que as atuais. Além disso, os repasses que a Minas Arena recebe do Governo do Estado já eram previstos no edital e ocorrem normalmente, como em qualquer Contrato de PPP.
Algum clube mineiro já deixou de jogar no estádio por culpa da Minas Arena?

Nunca. As portas do estádio estão sempre abertas aos clubes, e a Minas Arena tem todo interesse em realizar os jogos. A prioridade do Mineirão é o futebol e, para tanto, caso o clube já não tenha contrato de fidelidade para jogar todas as partidas no estádio, é necessário que o clube acorde as questões operacionais e comerciais da partida, bem como informe seu interesse em mandar o jogo no estádio dentro do período hábil previsto no regulamento dos campeonatos.

O CRUZEIRO PAGA PARA JOGAR NO MINEIRÃO? Para a realização da partida final da Libertadores foi utilizada uma data que o Governo do Estado tem direito. Essa utilização pelo Estado é prevista no Contrato de PPP. Além disso, o Cruzeiro só pode pedir algum benefício concedido à outra equipe se esse outro clube também assinar um contrato de fidelidade com a Minas Arena, o que não aconteceu. Desta forma, caso houvesse algum contrato de finalidade assinado com outro clube, o Cruzeiro poderia optar em assumir os benefícios, juntamente com todos os deveres, concedidos ao outro clube que porventura assine contrato de fidelidade com a Minas Arena. Ainda, o Cruzeiro também já realizou uma partida no estádio a pedido do Governo do Estado: foi a partida contra o Grêmio, no Campeonato Brasileiro de 2013, quando o time deu volta olímpica no estádio, pois já era praticamente campeão daquele ano.
Por que o Estado precisa da Minas Arena no estádio, já que antes ela não existia? O Estado entendeu que a PPP é a forma mais eficiente de gestão do estádio e, por meio de licitação, selecionou a Minas Arena. Além de ter reformado todo o Complexo do Mineirão, a Minas Arena também é responsável pela operação do estádio. É a Minas Arena que mantêm toda a estrutura para melhor receber o torcedor e é ela também que faz toda a operação das partidas de futebol. Tudo isso começa muito antes dos portões abrirem para o espetáculo.
A Ademg pode voltar? Não. A ADEMG foi extinta pelo Estado no dia 01º de janeiro de 2014, poupando gastos públicos que antes eram necessários para administrar o Mineirão e outros equipamentos esportivos.
Por que o Governo tem que pagar a Minas Arena? Os pagamentos acontecem exatamente como foram previstos no edital da licitação e no Contrato de PPP, sendo as parcelas mensais um ressarcimento dos valores investidos na reforma, modernização e operação do estádio. Vale lembrar que uma parte deste pagamento depende do desempenho da Concessionária. Ou seja, se a Minas Arena não tiver um bom desempenho, ela ainda pode sofrer cortes nestas parcelas mensais.
Por que essa obra do estádio não pode ser feita pelo Governo do Estado? Por que precisou da Minas Arena para fazê-la? O investimento para essa obra foi muito alto e se o Estado arcasse com esse custo, poderia comprometer os cofres públicos. Por isso, ele optou pela PPP, colocando um parceiro privado para reformar e gerir o estádio de maneira mais eficiente. Desta forma, o Estado paga o investimento em prestações, assume menos riscos e, depois de 25 anos, o Mineirão volta para ele.
O Governo de Minas assumiu todos os riscos da PPP? Não. A Minas Arena possui muitos riscos contratuais decorrentes de suas responsabilidades. Por exemplo, é da Minas Arena todos os riscos caso ela não atinja as metas de desempenho estabelecidas pelo Governo em contrato, pois sofre redução nos pagamentos.
O Estado garante o lucro da Minas Arena? O Estado não garante o lucro. A concessionária investiu todos os recursos para a reforma e modernização do Mineirão, e o Estado irá ressarcir este valor em 25 anos, conforme previsto no contrato. Mas ainda tem risco: se a MA não atingir bom desempenho pode sofrer até redução em sua remuneração.
A obra de reforma do Mineirão foi realizada com dinheiro público? Não. As obras de reforma e modernização do estádio foram realizadas por conta e risco da Minas Arena, e o Estado ressarcirá a Concessionária de forma parcelada ao longo dos 25 anos de operação do Mineirão.
Quanto da renda da partida fica com a Minas Arena? Isto varia em função da partida e do acordo feito com o clube mandante. Em média, a Minas Arena fica com menos de 15% da renda líquida e, na grande parte das vezes, este valor é referente apenas aos ingressos que são comercializados pela Concessionária. A maior parte da renda é destinada aos clubes de futebol, sendo que e a Federação Mineira de Futebol - FMF, também recebe parte dos valores contidos nos borderôs das partidas. Além disso, há também custos com impostos, quadro móvel da FMF, pagamento de arbitragem, serviços de antidoping, dentre outros.
Quanto custa realizar uma partida no Mineirão? Os custos variam de acordo com a estimativa de público da partida. A valores atuais, o total com despesas e aluguel, a depender dos casos, pode variar em média de 150 a 250 mil para jogos de clubes profissionais.
A Minas Arena define os preços dos ingressos de uma partida? Com exceção das áreas que são comercializadas pela Minas Arena, a regra é que os preços dos ingressos são definidos pelo clube mandante. No caso do Cruzeiro, pelo contrato de fidelidade, a exceção das vendas por temporada, a Minas Arena é obrigada a precificar o seu ingresso unitário por um valor, no mínimo, 20% maior do que o valor do ingresso unitário do setor localizado no anel superior do estádio.
O que é o Verificador Independente? O Verificador é uma empresa independente, contratada por meio de licitação, pelo Governo de Minas. Ele tem o dever de acompanhar de forma imparcial a execução do Contrato de PPP, e verificar o cumprimento das obrigações e os índices de desempenho da Minas Arena que abrangem vários aspectos, como operação, gestão e financeiro. Os pagamentos do Estado somente ocorrem após a verificação do Verificador Independente.  
O Mineirão é um estádio elitista? Não. O Mineirão possui oito setores (amarelo, laranja, roxo e vermelho, todos eles com cadeiras superiores e inferiores) que podem ser precificados conforme a vontade dos clubes. Definir preços populares no Mineirão está atrelado somente a vontade dos clubes, como já foi feito em alguns jogos.
O Mineirão foi pensado para receber shows? O Mineirão se consolidou como o mais importante local para eventos de Belo Horizonte. Além do gramado, que já recebeu grandes shows internacionais, o estádio tem a Esplanada, com 80 mil m², capaz de abrigar shows e eventos para até 35 mil pessoas e grandes festivais com toda a infraestrutura necessária para atender os produtores.
Quais clubes têm contrato com o Mineirão? Dois clubes atualmente tem contrato de longa duração para mandar suas partidas no Mineirão; o Cruzeiro e o América.

RENDA DA PARTIDA

Entenda quem fica com o que,
descontadas as despesas do BORDERÔ

Legenda Gráfico
Clique e veja o histórico dos jogos de 2016

Média de Público

Mineirão é
interessante por quê?

Entenda os benefícios para todos
do modelo Parceria Público Privada

PPP

Por que É MELHOR PARA OS CLUBES?

Porque os clubes não investem recursos próprios no dia a dia do estádio e têm a possibilidade de utilizar um estádio de primeiro mundo para a realização de suas partidas sem se preocupar com a operação pré e pós jogos ou com a manutenção da arena. O clube foca todas as suas atenções no que realmente importa para o torcedor: O TIME DE FUTEBOL.

PPP

POR QUE É MELHOR PARA O INTERESSE PÚBLICO?

A vantagem para o Estado é que o governo não precisou desembolsar de uma única vez o montante necessário para a reforma do Estádio, podendo direcionar estes recursos para outras áreas, como saúde, educação, segurança, etc. Todo o investimento necessário foi responsabilidade do parceiro privado. Ao final do contrato o Governo ainda recebe de volta o Estádio modernizado, totalmente equipado e pronto para dar continuidade à realização de jogos e eventos.

PPP

POR QUE É MELHOR PARA O TORCEDOR?

O torcedor é a principal razão do estádio existir. Para o frequentador, a PPP é interessante por permitir que ele usufrua de um Estádio de primeiro mundo com segurança, conforto e toda tranquilidade para assistir aos jogos. O torcedor tem um nível de serviço elevado e de qualidade, comparado ao serviço prestado anteriormente. A eficiência da gestão privada é fruto do monitoramento constante do contrato de PPP por um Verificador Independente contratado pelo Governo, que avalia a Concessionária em diversos indicadores de desempenho, garantindo assim a excelência no serviço prestado.

Entenda a PPP

MINEIRÃO X Outras Arenas

Mineirão
Independência
Mané Garrincha
Maracanã

QUANTO CUSTA
JOGAR* NO MINEIRÃO

*INCLUSO DESPESAS COM SEGURANÇA. LIMPEZA, BRIGADISTA, GRADEAMENTO, DENTRE OUTROS...

VALORES PRATICADOS EM 2016

Pesquisa de Satisfação

CONSOLIDAÇÃO DOS RESULTADOS DA PESQUISA
DE SATISFAÇÃO - ÍNDICE DE QUALIDADE

PESQUISA REALIZADA PELO VERIFICADOR INDEPENDENTE E RESPONDIDA POR:

Frequentador de estádio
Empresas
Clubes
Federações
Imprensa