Mineirão

NOTA OFICIAL

15 de novembro de 2019

INFORMAÇÃO À IMPRENSA – 10/11

No clássico deste domingo (10), entre Cruzeiro e Atlético, diferentes focos de confrontos entre torcedores, de forma simultânea e em distintos pontos do estádio, foram identificadas. A segurança privada – cerca de 480 homens, e a Polícia Militar trabalharam de forma integrada para garantir a segurança no Mineirão.

Esses confrontos não tiveram relação com o número efetivo de homens que trabalham na partida e o setor de segurança do Mineirão atuou de forma incessante antes, durante e após o jogo.

Importante ressaltar que no posto médico do estádio não houve atendimentos decorrentes de contato físico entre torcedores.

O Mineirão esclarece, ainda, que repudia qualquer ato de violência, injúria racial e moral praticado nas dependências do estádio e fora dele, e se solidariza com os profissionais da segurança agredidos verbalmente por torcedores. O estádio ressalta que está à disposição das autoridades competentes para colaborar com as investigações.

INFORMAÇÃO À IMPRENSA – 12/11

Com relação aos fatos ocorridos no clássico entre Cruzeiro e Atlético do último domingo, o Mineirão está colaborando com os órgãos competentes e repassou à Polícia Civil todas as informações recebidas e que possam contribuir com as investigações.

O Mineirão afirma também que os arquivos do circuito interno do estádio são repassados aos órgãos competentes sempre que solicitados formalmente.

INFORMAÇÃO À IMPRENSA – 13/11

O Mineirão informa que, após identificado o camarote no qual aconteceram os incidentes registrados na partida do último domingo, o permissionário responsável pelo seu uso foi multado e teve o contrato rescindido por uso irregular e conduta inadequada de convidados.

A administração do estádio reitera que repudia quaisquer atos que incitem a violência e que, desde os incidentes do último clássico, toma todas as medidas cabíveis e contribui diretamente com as investigações.

Compartilhar