Mineirão

No Mineirão, empresas têm oportunidade de proporcionar experiências inesquecíveis aos funcionários

14 de março de 2018

Futebol, grandes shows e, também, eventos corporativos. Com mais de 174 mil m² de área construída o estádio Mineirão recebe, cada vez mais, eventos com formatos variados para públicos diversificados e as empresas enxergaram no Gigante da Pampulha um local ideal para que os eventos voltados para os funcionários ganhem em emoção, adrenalina e até mesmo ineditismo.

Recentemente, em uma ação promovida por uma empresa de crédito para centenas dos seus funcionários, o Mineirão recebeu um grande evento corporativo para um treinamento bem diferente, como campo minado no vestiário, rapel nas colunas do estádio, slack line e uma tirolesa de 130 metros que começava na cobertura e terminava próxima ao gramado.

Quando o calendário não está sendo ocupado com o futebol, carro-chefe do estádio, a flexibilidade dos espaços internos e externos transformam a arena de acordo com o evento: desde os corporativos, como convenções de vendas, confraternizações, congressos, solenidades, prêmios, treinamentos, até eventos sociais de grande, médio e pequeno portes, como aniversários e casamentos.

As empresas podem também proporcionar para seus colaboradores uma oportunidade sonhada por todos que gostam do futebol: jogar uma partida no principal palco do esporte em Minas Gerais. “O Mineirão tem aproveitado muito bem a oportunidade de trazer grandes empresas para utilizarem os diversos espaços do estádio. Caso seja interesse do empresário, ele pode realizar o sonho do seu funcionário em jogar uma partida no Mineirão e, depois, ainda ter um jantar ou recepção em uma das áreas do estádio”, revela do diretor Comercial do estádio, Samuel Lloyd.

O Mineirão recebeu, somente em 2017, cerca de 1,5 milhão de pessoas, entre partidas de futebol, shows, recepções e eventos corporativos. A expectativa para 2018 é ainda mais ousada: chegar a 2 milhões de pessoas. “O Mineirão é movido a desafios. Estamos confiantes que conseguiremos atingir esse número, que é bastante expressivo”, finaliza Lloyd.