Mineirão

Mineirão tem números expressivos no Campeonato Mineiro

11 de abril de 2018

Se o Mineirão fosse uma cidade e o público que esteve presente no estádio nas partidas do Campeonato Mineiro, encerrado no último domingo com o título do Cruzeiro representasse sua população, o Gigante da Pampulha seria o nono maior município do estado de Minas Gerais, com 305.933 “habitantes”. Esse é apenas um dos números impressionantes que marcaram o Mineirão na principal competição de futebol de Minas Gerais.

Mais de 300 mil torcedores comparecem às partidas do Campeonato Mineiro Foto: Agencia i7 / Mineirao

Com relação ao público pagante, 275.331 torcedores pagaram ingressos para acompanhar as nove partidas que o Cruzeiro mandou no estádio, uma média de 30.614 torcedores por jogo. Essa média é superior à da Copa Libertadores de 2017, que teve 28.573 torcedores por jogo, e quase o dobro da média do Campeonato Brasileiro do ano passado, que contou com 15.975 pagantes por partida. “São números muito significativos, principalmente quando falamos de uma competição estadual que tradicionalmente não tem o mesmo apelo dos campeonatos nacionais e continentais. A soma da boa fase do Cruzeiro, com o carinho e a identidade que o torcedor tem com o Mineirão, gera esse resultado expressivo de presença de público”, ressalta o diretor Comercial do estádio, Samuel Lloyd.

Os números referentes à presença de público impressionam, mas há outros dados que comprovam a grandiosidade da operação do Mineirão em dias de partidas. Nos nove jogos do Campeonato Mineiro foram credenciados 14.831 prestadores de serviço, entre profissionais de bares, ambulantes, brigadistas, seguranças patrimoniais e etc. Esse dado apresenta a importância de um palco como o Mineirão, estruturado e organizado que gera, em média, cerca de 1.600 empregos indiretos nos dias das partidas. Foram distribuídas ainda 1.687 credenciais para os profissionais de Imprensa cobrirem as partidas. Somente no clássico entre Cruzeiro e Atlético que decidiu o título, foram 390 jornalistas em serviço.

As mais de 300 mil pessoas presentes nas partidas garantiram números grandiosos também relacionados à alimentação. Mais de 122 mil latas de cerveja e 58 mil de refrigerantes foram consumidas. A torcida matou a fome devorando mais de 36 mil tropeiros e cerca de 15 mil salgados. Energia extra para empurrar os clubes durante os 90 minutos de partida. E a temporada só está começando. Vem aí o Brasileirão e a expectativa de grandes números também na principal competição de futebol do país já a partir deste sábado.

Foto: Agencia i7 / Mineirao