Mineirão

Gramado do Mineirão passa por manutenção para suportar maratona de 2022

21 de dezembro de 2021

 

Gramado do Mineirão passa por recuperação para a próxima temporada. Foto: Pedro Vilela / Agencia i7 / Mineirao

O Mineirão começou, na última sexta-feira (17), o trabalho de manutenção do gramado para suportar a maratona de jogos da temporada 2022. A competições começam na última semana de janeiro e vão terminar mais cedo, em meados de novembro, por conta da Copa do Mundo do Catar, que será disputada no fim do próximo ano.

O serviço é realizado pela Greenleaf Gramados, empresa especializada que trata de diversas arenas esportivas pelo país. Nesses primeiros dias de manutenção, o gramado do Gigante passou por cortes verticais e helicoidais, seguido do trabalho de descompactação e aeração e do chamado topdressing. Essa técnica consiste na aplicação de 30m³ de areia no campo e o acerto do nivelamento do terreno.

“Os cortes verticais são para a eliminação de qualquer tipo de resíduo e excessos de folhas que vão se formando ao longo do ano. Depois foi feita a descompactação do solo, quebrando os grânulos para a troca de oxigenação e a melhor absorção de nutrientes pela planta. Agora, estamos fazendo a cobertura de areia para acerto de nivelamento e, por último, a adubação do campo”, explica o engenheiro agrônomo Lucas Pedrosa.

Essa primeira etapa de manutenção termina na próxima quinta-feira (23). “Depois da adubação, o gramado descansa por 20 dias, pelo menos, até brotar folhas novas. A partir de quinta, ele já vai estar descansando, e só recebe água e adubo”, ressalta Pedrosa.

Nessa fase, além da irrigação, também é importante a pulverização de inseticidas. Em janeiro, às vésperas da retomada dos jogos, são realizados novos cortes em dias intercalados para que o gramado fique aquele tapete já conhecido. Diferentemente de outros anos, quando a manutenção era de cerca de 30 dias, desta vez, o trabalho vai superar os 40 dias, tempo necessário  para um recuperação de um ano com um excessivo número de jogo.

De janeiro a dezembro, foram 61 partidas no Mineirão em 2021. Por causa da pandemia de Covid-19, as temporadas 2020 e 2021 ficaram emendadas. “O campo estará em perfeitas condições para a bola rolar no ano que vem. E vale lembrar que esse trabalho de manutenção e conservação do gramado é contínuo, realizado periodicamente ao longo de toda a temporada”, destaca a coordenadora de meio ambiente do Mineirão, Bárbara Freitas.

Trabalho de recuperação inclui a dispersão de areia e calcário sobre o gramado. Foto: Pedro Vilela/Agência i7/Mineirão

Compartilhar